“Os cortes na saúde são ideológicos”, afirma Ana Jorge

Posted by

Foto Jot' Alves

A antiga ministra da Saúde, Ana Jorge, afirma que a redução da despesa que o atual Governo está a fazer no Serviço Nacional de Saúde (SNS) tem uma matriz ideológica. “Estes cortes não têm a ver com a necessidade estrita de ser fazerem cortes, têm a ver com uma ideologia”, disse esta segunda-feira (31) a deputada do PS, falando aos jornalistas durante uma visita ao Hospital Distrital da Figueira da Foz (HDFF).

Ana Jorge criticou ainda o seu sucessor, Paulo Macedo, de proceder a uma diminuição de 16 por cento das despesas nas unidades de saúde de uma só vez. “Não era preciso fazer esses cortes num só ano. A Troika não exige isso”, defendeu. Ao abrigo daquela medida, o HDFF terá de reduzir o seu orçamento em cerca de cinco milhões de euros, podendo implicar o fim do Hospital de Dia Oncológico e o encerramento das Urgências Médico-Cirúrgicas durante a noite.

Versão completa na edição impressa do DIÁRIO AS BEIRAS de 1 de novembro de 2011

One Comment

  1. José Coimbra says:

    boa Dr. Ana Jorge. A senhora saiu cá uma expert na matéria!Também não é preciso ser bruxo nem tampouco deputado para perceber que a destruição do SNS tem uma matriz ideológica.Privado é que é bom!Hospital de Braga na falência gerido pelo Grupo José de Melo Saúde!Isto é que é qualidade…e agora zé paga as parcerias que esta senhora fez e que o seu ilustre sucessor quer seguir.Acabem com tudo!

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*