Autarquia da Figueira da Foz quer ver o posto médico de Ferreira-a-Nova reativado

Posted by

 

Euclides Frade, presidente da Junta de Ferreira-a-Nova, Figueira da Foz, criticou o encerramento da extensão de saúde local.

 

O equipamento encontra-se encerrado porque um funcionário administrativo está de baixa médica. “A junta só teve conhecimento depois dos factos consumados”, censurou Euclides Frade.

João Ataíde, presidente da Câmara da Figueira da Foz, garantiu que vai “dar nota da insatisfação ao Agrupamento de Centros de Saúde Baixo Mondego 2. Mostrou ainda disponibilidade da parte da autarquia para, em articulação com a junta, reativar da unidade de saúde.

João Ataíde e Euclides Frade falavam, ontem, na inauguração das obras de requalificação da Escola de Netos.

Versão integral na edição impressa de hoje, 20.

6 Comments

  1. È um bem necessário reativar a unidade de saúde para todos os utentes poderem ofruir….

  2. Realmente é uma vergonha encerrarem este tipo de serviços, que são de 1ª necessidade para a população sem dar conhecimento às entidades de Referência (Câmara Municipal e Junta de Freguesia) é mais uma neste país, cada um faz o que quer e como quiser!! Mais vergonhoso ainda é fechar por falta de pessoal numa altura em que à tanta gente no desemprego!!!! Enfim….. estamos em PORTUGAL.

  3. Cada vez mais e, por todo o canto do nosso país, se vêem situações desta natureza. É um por cada lado, um salve-se quem puder, que até mete medo. Encerram-se serviços desta natureza, bem essencial á população e por um motivo destes… É irresponsabilidade a mais. Será que está tudo a ficar doido???

  4. em portugal está tudo cada vez mais dificil até para tratar da saude , esperemos que alguem consiga virar a situação !!!!!!!!!!!!!

  5. Zé da Gândara says:

    A freguesia e as gentes da freguesia têm apenas e só aquilo que merecem (se calhar até foi pouco)…
    Esta história viu-se no retracto caricatural do país e de onde resultou ao fim de décadas de regabofe, a sodomia de mentecaptos e não-mentecaptos às mãos do trio FMI/BCE/UE… Quando vieram os legionários criar mamarrachos de utilidade questionável e com um custo / benefício mais do questionável, construídos um pouco por todo o lado, o Zé Povinho festejava ao som do Quim Barreiros e do Toni Carreira, ao mesmo tempo que enchia o bandulho (o Zé Povinho é como o gado e para encher o bandulho, com jeitinho, até dá o back-office) com sandes de carne de porco assado no espeto, caldo verde com chouriço a rodos e com a tradicional bejeca e tinto à discrição…

    No caso da freguesia, a tugalhada altamente informada, urbana e civilizada esqueceu-se que a ARS estava a pagar renda à ACRD de Ferreira-a-Nova pela utilização de um cubículo inspirado no que de melhor existe no Burkina-Faso e que só mesmo aí parece reunir condições para ser considerado extensão de centro de saúde ou posto de atendimento ou ainda o que lhe quiserem chamar… e deixou andar… até acabar o guito… e quando acaba o guito… nem o ceguinho canta…

    Tuga nharro e mentecapto leva umas valentes investidas no back-office comercial (Não dói, não chora, à moda do arquitecto) que é para abrir a pestana! Ferreira-a-Nova (essa grande e imponente freguesia que se arrisca a tornar-se sede de concelho) vai ter novamente extensão do centro de saúde no próximo ano de 2115 (dois mil cento e quinze)… e os liberais do burgo (que se dizem liberais porque alguém lhes disse que assim se deveriam afirmar, dado que muitas vezes roçam o analfabetismo funcional) bem podem dizer à populaça que existe iniciativa privada na piolheira (o menino-deus), pelo que nada falta na piolheira…

  6. Zé da Gândara says:

    Quantas vezes já foi requalificada a Escola dos Netos? E quanto é que custou essa putativa requalificação? Com o dinheiro alheio somos todos socialistas, mãos-largas e beneméritos e uns campeões do arco da velha… Já quando toca a vergar a mola para ganhar uns cobres, está quieto… É mais fácil gastar o que estiver à mão, produzido pelos outros…

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*