Assaltantes escaparam antes do julgamento

Posted by

José Marques, funcionário do posto de abastecimento, foi vítima do assalto

Dois dos três assaltantes da bomba de gasolina Alves Bandeira da Pampilhosa, Mealhada, – ambos de origem brasileira fugiram antes de responder em tribunal.

Esta sexta-feira (21), no início do julgamento, o coletivo de juízes reconheceu que tinha sido impossível notificar dois deles e decidiu a separação de processos.

Assim, só um dos ladrões responde perante o juiz. Esta é a consequência de uma decisão do magistrado que os ouviu na altura dos factos, no verão de 2008, mas que os mandou aguardar o julgamento em liberdade.

Versão completa na edição impressa de 22 de outubro do DIÁRIO AS BEIRAS

2 Comments

  1. Outra coisa não era de esperar… três anos à espera para serem julgados, os coitados cansaram-se de esperar e resolveram ir trabalhar para outro lado…. É uma vergonha a nossa justiça. Está do lado dos ladrões, dos criminosos e de todos os outros da mesma laia…

  2. é tipico aqui no nosso burgo. para alguns casos, não se justifica prisão,para outros prisão a mais. é como as policias, onde são precisos não estão, mas se houver um desafio de futebol de alto risco mobilizam-se centenas de operacionais.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*