PSD propõe junção dos bombeiros Municipais e Voluntários da Figueira da Foz

Posted by

Miguel Almeida, vereador do PSD

A taxa municipal de Proteção Civil e a fusão das duas corporações continuam a dar que falar. Esta terça-feira (13), o vereador Miguel Almeida propôs a suspensão do projeto do novo quartel dos Bombeiros Municipais, cuja obra tem uma candidatura aprovada. “Parece existir unanimidade (nas forças políticas da cidade) que o novo quartel não faz falta”, disse o autarca do PSD.

O vereador da oposição sustentou a sua argumentação nas declarações dos políticos que nas duas últimas semanas têm visitado as obras do quartel dos Bombeiros Voluntários, convergindo na fusão ou junção das duas estruturas. “Acho que este é o momento para fazer uma reflexão e parar o quartel”, sugeriu.

Versão completa na edição impressa do DIÁRIO AS BEIRAS de 14 de setembro

One Comment

  1. Na minha opinião isso é um erro, nada de misturas …
    Esta situação irá criar instabilidade nas duas corporações, muitos voluntários irão desistir e o socorro as populações irá ficar comprometido…
    O futuro o dirá mas certamente o que irá acontecer será isto.
    Por exemplo eu como voluntário, não irei efectuar um transporte de um doente tendo pessoas proficionais ao meu lado, eles que lá vão se quiserem….
    Se os assalariados, nos voluntarios são vistos de lado, e criticados. Uma situação destas não pode dar bons frutos. Apesar de teoricamente ser bom…

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*