Procurava serviços sexuais na Internet e acabou burlado

Posted by

DR

Um homem de 42 anos, da zona do Porto, foi constituído arguido, pela Polícia Judiciária (PJ), através da Diretoria do Centro, pela “presumível prática de um crime de burla cometido através da Internet”, anunciou aquela fonte policial na sexta-feira (2).

A “estória” começou em junho de 2010 e terminou em fevereiro deste ano. De acordo com informação de fonte da PJ de Coimbra ao DIÁRIO AS BEIRAS, um homem, de Coimbra, “fez uma pesquisa na Internet para encontrar serviços de acompanhamento e também de eventual serviço seuxal”.

Nessa pesquisa encontrou um site e entrou em contacto com o alegado burlão, que, vendo o interesse da vítima, foi “solicitando diversas quantias em dinheiro para que o serviço fosse prestado”.

A vítima foi sempre entregando dinheiro, mas os “serviços” nunca se concretizaram e o homem perdeu mais de seis mil euros.

Versão completa na edição impressa de 3 de setembro do DIÁRIO AS BEIRAS

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*