Fogo em Castanheira só foi dominado depois de uma tarde de luta

O incêndio que deflagrou, esta segunda-feira (26) ao princípio da tarde, na freguesia de Castanheira, na Guarda, foi dominado cerca das 18H48, segundo o Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) da Guarda.

No local permaneceram 50 homens e 17 viaturas a fazer o rescaldo do fogo. Alguns elementos ficaram no local durante a noite a vigiar, com o objetivo de evitar reacendimentos.

O fogo, que deflagrou às 12H40 horas, chegou a apresentar três frentes ativas em mato, tendo envolvido no seu combate mais de 100 homens, apoiados por 32 veículos e três helicópteros.

Uma mulher de 85 anos, residente na aldeia de Rabaça, localidade da freguesia de Castanheira, ficou gravemente ferida no incêndio e foi transportada de helicóptero para os Hospitais da Universidade de Coimbra.

O fogo já tem um possível responsável. Trata-se de um pastor de 44 anos, que está a ser investigado pelas autoridades policiais. O suspeito foi intercetado pelos militares no local onde o incêndio começou, tendo sido entregue à Polícia Judiciária da Guarda.

One Comment

  1. Gostaria de entender o que se passar na cabeça destas pessoas que praticam crimes desta natureza, colocando em risco a vida de outras pessoas e animais e, principalmente neste caso, um pastor que, certamente necessita de zonas verdes servindo de pastagens para sua criação. É de loucos.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*