Empresário da construção civil suspeito de simular rapto no Brasil

Posted by

Um empresário de 51 anos, residente em Anadia, foi constituído arguido por ser suspeito de simular um rapto, que ocorreu na semana passada.

Esta quarta-feira (7), em comunicado divulgado, a Polícia Judiciária (PJ), através do Departamento de Investigação Criminal de Aveiro, anunciou que procedeu, desde a passada quarta-feira à noite (30 de agosto), “a diligências ininterruptas, no sentido de esclarecer o eventual rapto e cativeiro em país estrangeiro de um empresário, que estaria na posse de elevada quantia” em dinheiro.

Fonte da PJ de Aveiro esclareceu ao DIÁRIO AS BEIRAS que a situação do eventual rapto “foi comunicada por familiares que estavam preocupados” e que pensavam “estar perante uma situação real de rapto”. O empresário do ramo da construção civil, disse a mesma fonte, estava ausente “desde o início da semana e criou um cenário de sequestro”.

Versão completa na edição impressa do DIÁRIO AS BEIRAS de 8 de setembro

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*