Colecionador de bicicletas restaura “beldades” em Verride

Foto Jot'Alves

Muitos anos passaram depois do dia em que transformou pela primeira vez uma bicicleta. “Já lá vão 30, lembro-me que ficou com um quadro em cima do outro”, conta Fernando Silva, colecionador e restaurador daquelas que apelida de “beldades de duas rodas”. A velhinha “pasteleira” era do pai. Acabou por ficar lá em casa e não mais soube dela.

Mas a paixão renasceu de novo, quando há cinco anos se lembrou de pedir uma bicicleta à mulher, por altura do aniversário. “Andava a dizer que gostava de ter uma pasteleira e ela ofereceu-me nos anos”, explica o colecionador. Acabou por ter um veículo “completamente ferrugento, mas funcional”.

Pôs as mãos à obra e atualmente tem 20 bicicletas – de vários modelos, nacionais e estrangeiras – restauradas e 70 por restaurar. Entretanto, registou-se no Fórum Amigos das Pasteleiras, em forum.amigosdaspasteleiras.com.

Versão completa na edição impressa do DIÁRIO AS BEIRAS de 8 de setembro

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*