PJ detém autor de disparos contra residência em Cantanhede

DR

A Polícia Judiciária (PJ) anunciou esta quinta-feira (18), a detenção de um jovem de 18 anos, suspeito de ter efetuado vários disparos contra uma casa na zona de Cantanhede, que provocaram ferimentos numa pessoa ali residente.

De acordo com fonte da Diretoria do Centro da PJ, o detido, acompanhado de outro homem, este com 20 anos, é suspeito de ter efetuado “vários disparos de espingarda caçadeira para o interior de uma residência”, em outubro de 2010, “por motivos de vingança”.

O morador atingido pelos disparos, um homem na casa dos 50 anos, terá denunciado anonimamente os jovens às autoridades, pela alegada autoria de vários furtos, indicou.

“Dizem que apenas quiseram pregar-lhe um susto mas se o homem estivesse de pé em casa podia ter sido atingido mortalmente”, referiu a fonte da PJ.

A vítima, que habita numa casa térrea e estava na cama, foi atingida por chumbos de caçadeira “disparados através de uma janela”, acrescentou.

Na sequência da investigação das autoridades policiais foram apreendidos na posse dos jovens diversos bens, como motorizadas e outro material furtado.

Presente a tribunal, o detido fica a aguardar julgamento em prisão domiciliária, sujeito a vigilância eletrónica e, de acordo com a PJ, incorrerá no crime de tentativa de homicídio ou ofensa à integridade física qualificada.

A investigação do caso levou as autoridades a deter um comerciante de 52 anos “presumível recetador de várias armas de fogo, entre as quais a arma usada na prática do crime”, afirmou a fonte da Judiciária.

Além de armas “proibidas” foram encontradas na posse do suspeito cerca de três centenas de munições, sublinhou. Igualmente ouvido por um juiz o homem fica obrigado a apresentações periódicas às autoridades.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*