Palacete do Governo Civil de Coimbra é devolvido aos donos

Posted by

O edifício do Governo Civil parece já ter destino: a devolução aos proprietários – uma família de Coimbra, a residir em Lisboa. Fica, assim, de lado a pretensão de serviços, como a Autoridade Nacional de Proteção Civil e o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras, que viam o espaço da Couraça como hipótese para se instalarem.

Segundo apurou o DIÁRIO AS BEIRAS, o caso de Coimbra não deverá seguir a orientação, ontem avançada pelo secretário de Estado da Administração Interna. Filipe Lobo D’Ávila garantiu que, até 15 de outubro, entra em vigor o diploma que procede à “transferência de competências” dos governos civis e determina “um procedimento para as questões patrimoniais” e dos respetivos funcionários. E adiantou que os edifícios poderão ser aproveitadas para instalar forças e serviços de segurança e outros serviços do ministério.

Versão completa na edição impressa

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*