Live Beach de Mangualde acusa câmara de Viseu de fechar espaço aéreo à sua publicidade


Foto Paulo Leitão

A empresa que gere a praia artificial de água salgada de Mangualde acusou a câmara de Viseu de impedir a utilização do espaço aéreo e o aeródromo municipal por parte dos seus aviões publicitários.

Segundo um comunicado emitido pela “Live It Well Events”, promotora da primeira praia artificial de Mangualde, os aviões que arrastam publicidade à atividade da Live Beach, incluindo concertos, a autarquia de Viseu alega “conflito de interesses” embora, alegam, utilize o mesmo método para promover a Feira de São Mateus, que decorre até 25 de setembro.

A agência Lusa procurou, sem sucesso, ouvir a câmara de Viseu sobre esta acusação.

A empresa promotora da Live Beach sinaliza ainda o seu “descontentamento” em nota enviada à Lusa pela “decisão da Câmara Municipal de Viseu de impedir o acesso dos aviões para ações publicitárias ao aeródromo e ao espaço aéreo”.

“A Live It Well Events tem, desde o arranque do projeto Live Beach, recorrido a este veículo de comunicação aéreo, com o objetivo de divulgar a praia e as atividades desenvolvidas, cumprindo todas as normas estabelecidas”, sublinha ainda a empresa.

A empresa afirma que vai continuar a “acompanhar esta situação e no momento oportuno e em sede própria tomará uma posição que salvaguarde os interesses da empresa”, nomeadamente o recurso alternativo ao aeródromo de Seia de forma a “manter a estratégia de divulgação planeada”.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*