GNR de Proença-a-Nova inquiriu pessoas ligadas ao atropelamento mortal do IC8

DR

A GNR identificou e vai inquirir algumas pessoas alegadamente ligadas ao atropelamento mortal de um rapaz no IC8 (itinerário complementar), junto a Proença-a-Nova, na sequência de supostas filmagens para exibir na Internet, adiantou fonte daquela autoridade .

Na madrugada de dia 23, quando se deu o acidente, não foi identificada outra pessoa que estivesse no local com a vítima, de 17 anos.

No entanto, posteriormente, o Núcleo de Investigação de Acidentes de Viação do Destacamento de Trânsito da GNR de Castelo Branco “identificou várias pessoas” que “já estarão a ser ouvidas” por terem informação pertinente, explicou a mesma fonte.

A fonte não especificou “se serão ouvidas como testemunhas” ou noutra qualidade, deixando em aberto o envolvimento dos inquiridos com o caso.

Os questionários “deverão decorrer o mais rapidamente possível” para se obter o maior número de pormenores possível, sublinhou.

De acordo com fonte da Proteção Civil municipal, pelo menos dois jovens da vila já prestaram declarações à GNR nos últimos dias, um dos quais acompanhado pelos pais.

Os encontros com as pessoas identificadas “têm lugar nos locais mais convenientes aos inquiridos”, acrescentou fonte daquela força de segurança.

De acordo com a lei, o Núcleo de Investigação de Acidentes de Viação do Destacamento de Trânsito da GNR de Castelo Branco tem entre seis a nove meses para entregar o inquérito ao Ministério Público.

 

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*