DIAP de Coimbra confirma acusação contra três médicos por corrupção passiva

O Ministério Público confirmou esta quarta-feira (20) que foi deduzida acusação contra três médicos vinculados aos centros de saúde da região Centro pela prática do crime de corrupção passiva para ato lícito.

“Tal prática consubstanciou-se no recebimento de bens de utilização pessoal, como equipamento informático, bem como de outras vantagens patrimoniais, designadamente valores em numerário”, refere uma nota do Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Coimbra.

“Em função desse recebimento, os médicos em causa aceitaram prescrever, preferencialmente, medicamentos e outras especialidades farmacêuticas produzidas ou distribuídas pelo laboratório que lhes concedeu tais vantagens”, acrescenta a nota.



Os médicos em causa foram constituídos arguidos pelo DIAP de Coimbra.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*