Quatro candidatos a reitor da Universidade de Coimbra

Posted by

A Universidade de Coimbra recebeu quatro candidaturas ao cargo de reitor, duas de docentes da instituição, Cristina Robalo Cordeiro e João Gabriel Silva, e duas do estrangeiro, do Bahrein e dos EUA. Krzysztos Sliwa, nascido na Polónia, mas detentor das nacionalidades norte-americana e alemã, e Michael Mkasu, do Bahrein, são os outros dois candidatos.

O prazo para apresentação das candidaturas à sucessão de Fernando Seabra Santos encerrou na tarde de segunda-feira e uma comissão terá agora sete dias para se pronunciar sobre a aceitação das candidaturas. Caberá ao Conselho Geral da UC, presidido pelo banqueiro Artur Santos Silva, escolher a 14 de fevereiro o novo reitor. Este órgão, com 35 elementos, integra 10 personalidades externas, 18 professores e investigadores, cinco estudantes e dois funcionários.

João Gabriel Silva, especialista em engenharia informática, é atualmente diretor da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (FCTUC). Cristina Robalo Cordeiro, doutorada em literatura francesa na Faculdade de Letras, é vice-reitora da UC desde 2003.

FCTUC reincide…

“Posso dar uma boa ajuda ao desenvolvimento da Universidade de Coimbra”, declarou à agência Lusa João Gabriel Silva, ao apresentar as razões fundamentais para se candidatar à sucessão do seu colega de faculdade Fernando Seabra Santos no cargo de reitor.

Para este docente, além do desafio que se coloca à UC no contexto de crise internacional, há um “grande desafio”, que é o da sua internacionalização, da “afirmação no mundo”.

Cristina Robalo Cordeiro, a primeira mulher a candidatar-se ao cargo de reitor da UC, adiantou à Lusa que decidiu perfilar-se para o cargo por sentir que tinha o saber e a experiência necessários, acumulados pelos longos anos na gestão universitária, como vice-reitora e na própria Faculdade de Letras.

“Foi um trabalho com gosto e amor à universidade, que vive agora um momento importante”, frisou, acrescentando tratar-se de “um momento de grandes restrições, mas também de oportunidades e desafios” para a UC.

… ou é chegada a hora das letras

Cristina Robalo Cordeiro nasceu em Coimbra em 1954. Licenciou-se em Filologia Românica em 1977 na UC e doutorou-se em 1991. É ainda conservadora da Casa-Museu Miguel Torga, cônsul honorária de França, presidente da Associação Portuguesa de Literatura Comparada e vice-presidente da Associação Internacional de Lusitanistas e da Alliance Française de Coimbra.

João Gabriel Silva, nascido em 1957 em Pombal, conclui a licenciatura em 1980 na UC e doutorou-se oito anos depois. É diretor da FCTUC desde 2009. Em 1998 integrou a equipa que venceu o prémio de ideias de negócio com o projeto “Critical Software – Tecnologias de Informação para Sistemas Críticos”, que deu origem ao grupo empresarial com o mesmo nome. Doutor em letras e engenheiro industrial Krzysztos Sliwa, doutorado na Universidade da Florida com uma tese sobre Miguel de Cervantes, é bolseiro do Departamento de Educação dos EUA. Michael Mkasu doutorou-se no Reino Unido em engenharia industrial e é docente no New York Institute of Technology do Bahrein.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*