Mais de quatro dezenas de enfermeiros protestam à frente do hospital de Tondela

Mais de 40 enfermeiros concentraram-se hoje (3) à entrada do hospital de Tondela, em protesto contra um regulamento interno que lhes altera os horários de trabalho e termina com a lista de profissionais disponíveis para transferências inter-hospitalares.

A manifestação realizou-se junto à entrada principal do Hospital Cândido de Figueiredo, onde foi colocada uma faixa onde se lia “contra a arrogância e prepotência, os enfermeiros dizem não ao regulamento interno”.

Vítor Duarte, enfermeiro há 13 anos, contou que a criação do regulamento interno a alterar os horários de trabalho, por parte do conselho de administração do hospital, deixou a maior parte dos colegas desmotivados.

Além da mudança dos horários de trabalho, que consideram acontecer por “meras razões economicistas”, os enfermeiros do hospital de Tondela criticam ainda o fim da lista de profissionais disponíveis para transferências inter-hospitalares.

O dirigente do Sindicato dos Enfermeiros Portugueses, Alfredo Gomes, explicou que esta medida faz com que os enfermeiros que estejam a trabalhar tenham que abandonar o serviço para acompanhar doentes a outras unidades de saúde.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*