Fernando Nobre ataca Manuel Alegre na Figueira da Foz

Posted by

O candidato à presidência da República Fernando Nobre criticou ontem Manuel Alegre, na Figueira da Foz, onde jantou com apoiantes.

“Infelizmente, temos um candidato – Manuel Alegre – que, após ter recebido o abraço do PS e do Bloco de Esquerda (…), que, quando lhe convém, já não quer o apoio do PS e do Governo”, criticou o antigo presidente da Ajuda Médica Internacional.

Fernando Nobre falava num restaurante da Salmanha para cerca de 350 apoiantes. Entre eles Edmundo Pedro. “Ele (Nobre) é contra os partidos, como eu sou contra estes partidos (…), estruturas para nomear cargos políticos”, disse o histórico e resistente antifascista socialista.

A propósito, aludiu ao antigo primeiro-ministro do PS António Guterres: “dizia “no job for the boys (nada de empregos para os rapazes)”, mas foi obrigado a fugir porque os rapazes não o largaram”.

Respondendo ao “Viriato dos tempos modernos”, como lhe chamou, o candidato a Belém fez questão de esclarecer que não concorre contra os partidos, mas sim “por uma melhor cidadania”.

E “para unir os portugueses” em torno de uma candidatura que está “a fazer história da mais genuína cidadania”. Uma “candidatura de pessoas livres” onde há lugar para militantes de todos os partidos, enfatizou ainda Fernando Nobre, arrancando uma salva de aplausos.

“Esta é a única candidatura que pode vencer à primeira volta e que vencerá, seguramente, à segunda”, acrescentou o candidato a sucessor do adversário Cavaco Silva.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*