Estudante foi agredida à dentada e fica sem parte da orelha em Peniche

Uma jovem estudante de 22 anos foi agredida à dentada numa orelha, em Peniche, por outra rapariga, tendo recebido tratamento hospitalar em Lisboa, confirmou fonte da PSP de Peniche.

A agressão, cometida por uma rapariga de 20 anos, ocorreu no primeiro dia do novo ano, no centro da cidade, cerca das 18H00, acrescentou a mesma fonte.

“A minha filha ia a sair do carro para visitar uma amiga quando foi violentamente atacada, por trás, sem qualquer justificação, por uma rapariga que não é das suas relações, que lhe arrancou parte de uma orelha”, disse o pai da jovem à agência Lusa.

O progenitor adiantou ainda que a agressão incluiu “pontapés na cabeça” quando a filha se encontrava “moribunda no chão gritando por socorro”.

A jovem foi transportada ao Hospital de Peniche que, face à gravidade do ferimento, a transferiu para o Hospital de Santa Maria, em Lisboa, tendo recebido alta durante a madrugada de domingo, depois de ter sido submetida a uma cirurgia de reconstrução da orelha.

O pai da agredida queixa-se de que a agressora sofre de perturbações psíquicas “graves”, sendo “useira e vezeira em ameças e agressões” na cidade, mas fonte da PSP de Peniche não confirmou a versão.

Segundo a PSP, a agressora não está referenciada por outras agressões e não aparenta sofrer de anomalias psíquicas, considerando que o caso terá ocorrido devido a um “desentendimento entre as duas que durava há algum tempo”.

A agressora foi identificada e o caso segue agora os trâmites legais.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*