Transportes dos SMTUC não aumentam em 2011

Posted by

Os transportes públicos de Coimbra não vão aumentar em 2011. O que acontece pelo terceiro ano consecutivo. A decisão está tomada e, segundo o administrador delegado dos Serviços Municipalizados de Transportes Urbanos de Coimbra (SMTUC) Manuel de Oliveira, obteve o acordo do presidente Carlos Encarnação e do vice-presidente da autarquia, João Paulo Barbosa de Melo.

Para que tal fosse possível, salienta Manuel de Oliveira, a autarquia terá de reforçar as verbas que transfere para a empresa e que tem um único objetivo: “permitir aos munícipes que não tenham mais uma penalização, a juntar a todas as outras que as famílias terão de suportar no próximo ano”.

A decisão não foi fácil de tomar, pois os SMTUC têm a haver 240 mil euros do Estado relativo à implementação na cidade do “Passe sub_23”. “Aderimos na primeira hora, porque entendemos que tal seria benéfico para os jovens do concelho, mas o que é certo é que, desde Setembro de 2009, aguardamos a respetiva transferência”, referiu. Os valores em causa fazem falta “porque queremos cumprir com os nossos compromissos”. “São factores penalizadores para todos nós. Espero não ter de chegar ao ponto de tomar uma atitude drástica”, disse.

PIDDAC em falta

Não é só o dinheiro do “Passe sub_23” que está em falta nos cofres dos SMTUC. As verbas inscritas no Programa de Investimentos e Despesas de Desenvolvimento da Administração Central (PIDDAC) do presente ano, e que seriam alvo de um acordo com a empresa municipal, ainda não foi “protocolado”. Manuel de Oliveira disse que, no início do ano, foi dado o acordo para o protocolo, mas “até agora, nada”. A consequência direta é o agravamento da idade média das viaturas dos SMTUC, “não nos permitindo refrescar a frota automóvel”. “Isso preocupa-me, porque temos a circular algumas viaturas com mais de 20 anos de matrícula e a sua manutenção irá custar-nos mais dinheiro”, afirma. Refira-se que o orçamento e o plano de atividades dos SMTUC será votado na reunião de 20 de Dezembro.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*