Semáforos são a solução para a rotunda do Almegue

Posted by

A investigadora da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (FCTUC) referiu ao DIÁRIO AS BEIRAS que um dos problemas da rotunda começou a ser sentido depois da abertura ao trânsito da variante Sul do IC2. Ana Bastos disse que o trabalho desenvolvido pela autarquia de completar o anel rodoviário exterior à cidade permitiu resolver alguns dos problemas como o da rotunda do Portugal dos Pequenitos. “Resolveu-se de um lado, mas migraram para outra zona”, disse. O nó do Almegue é, a par da Casa do Sal, um dos problemas da cidade.

Como tal, a especialista entende que as preocupações da câmara devem passar por resolver esta questão, em conjunto com a Estradas de Portugal. É que, para esta rotunda funcionar bem, Ana Bastos entende que “o tráfego vindo das várias entradas deverá ser equilibrado, o que não acontece atualmente”. “Há alguns erros técnicos”, frisa, pois era necessário “que os tráfegos fossem equilibrados nas várias entradas, o que não acontece nas horas de ponta matinais e vespertinas”.

O tráfego conflituante é outro dos problemas do anel que foi construído provisoriamente. É que a obra prevista para aquela zona – desnivelamento direto de ligação à nova ponte sobre o Mondego – seria inserida na autoestrada Coimbra-Viseu.

3 Comments

  1. Antóno Ramos says:

    Semáforos na rotunda do Almegue?!… Em certas horas de ponta, será para virar um caos !
    Por vezes há ideias "luminosas", que ofuscão a visibilidade prática das coisas.
    Gostaria mais de uma opinião de um técnico da EP, daqueles velhinhos (que já são poucos) !… Que de uma investigação destas, até porque é óbvia. Mas por certo não será com semáforos, pois irá "entornar-se o caldo".
    Rotunda mal parida, ponham o seu desenhador de saída! (para não continuar a faz-las desta forma)

  2. Resta saber por quantos anso (décadas) esta solução será provisória

  3. "fIQSemáforos na rotunda do Almegue?!… Em certas horas de ponta, será para virar um caos !
    Por vezes há ideias "luminosas", que ofuscão a visibilidade prática das coisas.
    Gostaria mais de uma opinião de um técnico da EP, daqueles velhinhos (que já são poucos) !… Que de uma investigação destas, até porque é óbvia. Mas por certo não será com semáforos, pois irá "entornar-se o caldo".
    Rotunda mal parida, ponham o seu desenhador de saída! (para não continuar a faz-las desta forma)"

    Fique V.Exª, a saber que esta rotunda foi concebida por especialistas (entenda-se engeheiros) e dos bons, qualquer desenhador saberia por certo "parir" rotundas melhores que as que existem por esta cidade fora.

    E provávelmente seria o Desenhador a ter que sair.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*