Roubava energia para traficar droga em Coimbra

Posted by

Um jovem de 24 anos foi detido pela Diretoria do Centro da Polícia Judiciária por ser o presumível autor da prática de um crime de tráfico de substâncias estupefacientes.

De acordo com um comunicado ontem (15) enviado às redações pela PJ, foram apreendidas, num anexo da habitação que se localiza em Coimbra, 12 pés da planta cannabis sativa L, devidamente cuidada, numa fase de crescimento em que atingiam, em média, um metro de altura.

Para além da apreensão das plantas, foi ainda apreendido todo o equipamento elétrico, de elevada potência, destinado a iluminação, aquecimento e secagem, e ainda cerca de 350 doses de heroína, 60 gramas de liamba e 14 “selos” de LSD.

No anexo da habitação, onde era desenvolvida a plantação de cannabis, o suspeito instalou um dispositivo mecânico no contador da empresa fornecedora de energia, a fim de diminuir os seus elevados consumos energéticos. No fundo, usava energia que não era contabilizada e, posteriormente, debitada pela empresa.

Depois de ter sido presente a primeiro interrogatório judicial, o jovem, reincidente, viu ser-lhe aplicada como medida de coação apresentações diárias.

3 Comments

  1. Alfredo Quintas says:

    Como é que se faz isso? Também quero saber!!! Ele há cada artista…..

  2. cannabis legalizada já. proíbam o álcool, tabaco, fast food ….. se tudo isto são drogas, causam dependência física e psicológica, porque não são ilegais também?
    será para aparecerem na televisão?? ou será para poderem dizer que o nosso sistema judicial funciona??? Pode ser que assim as pessoas se esqueçam que os verdadeiros crimes passam impunes. Podemos matar, violar, roubar, só não podemos cultivar e consumir cannabis, ai os tribunais funcionam, se calhar não querem concorrência no mercado 🙁
    Com esta crise, sem trabalho, dos impostos já ninguém fala, e ainda proibem um gajo de se fazer à vida 🙁

  3. Mario Cadaval says:

    Que pena! Os senhores da judiciaria nao vao para coisas mais dificeis como fuga aos impostos e coisas que lhes dao um pouco extra ao final do mes.
    Cannabis droga dos pobres a visada!
    Falta um pouco mais de amor proprio aos inspectores para deixar de andar debaixo das saias dos que tem dinheiro e paleio para os enrolar, levar ao colo.
    Ja observarao quao patetica a passagem de modelos a porta da judiciaria? Meninos totos e gordinhos anafados… sinal de muita gordura naqueles cerebrosinhos!
    Oh well, cannabis veio para ficar!

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*