Nacional e Naval adiado para terça devido ao nevoeiro

O jogo NacionalNaval 1.º de Maio, da 13.ª jornada da Liga portuguesa de futebol, adiado da véspera devido ao nevoeiro, foi hoje interrompido pelo mesmo motivo, com quase 54 minutos disputados e o resultado em 1-1.

Os 35 minutos e 10 segundos que faltam para que o jogo fique concluído, serão disputados a partir das 16H00 de terça feira, horário determinado pela Liga, uma vez que os responsáveis pelos dois clubes não chagaram a um acordo relativamente ao horário.

A decisão foi comunicada às 19H00, depois de uma prolongada reunião entre o árbitro Hugo Pacheco, e os delegados da Liga e dois clubes.

Previsto domingo e adiado para as 15H00 de hoje, devido ao nevoeiro, o encontro no Estádio da Madeira começou 15 minutos mais tarde, devido à intensa neblina que se abateu de novo sobre o recinto.

Ainda assim, com as condições mínimas, o árbitro Hugo Pacheco deu início à partida às 15:15, tendo as equipas jogado toda a primeira parte sem grandes problemas.

Nesse período, a equipa da Figueira da Foz revelou alguma superioridade, fruto de uma melhor adaptação às condições do terreno, molhado e escorregadio.

A Naval adiantou-se no marcador, aos 14 minutos, por intermédio de Camora, a concluir um cruzamento de Michel na direita.

O Nacional teve uma ténue reação ao tento sofrido, insuficiente para criar perigo junto da baliza de Jorge Batista que teve de aplicar-se aos 40 minutos, após um remate de Claumedir, na cobrança de um livre.

Já com um manto de nevoeiro denso a pairar, o árbitro deu início à segunda parte e, praticamente com visibilidade nula para quem estava na bancada, Hugo Pacheco assinalou uma grande penalidade, por um pretenso derrube de Jorge Batista ao avançado Orlando Sá. Na cobrança, Claudemir fez a igualdade, aos 50 minutos.

Aos 54 minutos e já sem condições para prosseguir o jogo, devido ao intenso nevoeiro e à forte chuva, o árbitro decidiu interromper a partida, tendo aguardado, no entanto, cerca de uma hora de decidir mandar os jogadores para as cabinas.

Posto isto, os delegados da Liga, do Nacional e da Naval estiveram reunidos durante mais de uma hora, até o organismo deliberar o agendamento do que falta jogar para terça feira.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*