Mata da Buçaco “já não está abandonada”

Posted by

“Hoje a Mata Nacional do Buçaco já é diferente do que era há um ano. Era abandonada porque os seus pais adotivos (o Estado) nunca a souberam estimar”. Carlos Cabral, presidente da Câmara Municipal da Mealhada falava ontem (2) no final da apresentação do “Natal na Mata”, onde destacou o papel desenvolvido pela Fundação Mata do Buçaco que, aliás, “continuará a angariar verbas para a recuperação”.

Aludindo ao “Natal na Mata”, o autarca salientou que mostram “que a mata pode ser autossuficiente”. Porque mata “dá mais a Portugal do que o Estado dá à Mata”, disse que “não se pretende caridade mas sim o que lhe é devido”. Desde que a fundação foi criada a autarquia, adiantou ainda Carlos Cabral já foi transferida “mais verba do que pela administração central”.

António Jorge Franco, presidente da Fundação Mata do Buçaco, revelou que este ano, e até ao momento, foram transferidos do Estado 75 mil euros, embora esteja previsto que essa verba seja, na totalidade, de 100 mi euros. No próximo ano, e ao que tudo indica, a quantia a transferir deverá sofrer um corte de 50 por cento. Por isso, “é preciso ter a capacidade de realizar atividades para colmatar essa falta de verba”. Para as obras a realizar serão precisos “oito milhões de euros” que serão alvo de candidaturas a fundos comunitários. Caso as candidaturas não sejam aprovadas estas intervenções não serão realizadas “e vai-se continuar a fazer o que tem sido feito até aqui”.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*