Jovens que esfaquearam brasileiro em Leiria aguardam em liberdade

Os dois suspeitos de terem esfaqueado um jovem brasileiro de 26 anos, que ficou ferido com gravidade, esta semana, na cidade de Leiria, vão aguardar julgamento em liberdade, disse fonte policial.

Acompanhados por um advogado, os arguidos, irmãos, um de 16 anos e outro de 21 anos, apresentaram-se esta manhã com o pai nas instalações do Departamento de Investigação Criminal de Leiria da Polícia Judiciária (PJ).

Os três foram constituídos arguidos, mas apenas os dois jovens foram presentes a uma juíza de instrução criminal no Tribunal Judicial de Leiria.

Após o interrogatório judicial, a juíza determinou que os suspeitos aguardassem julgamento em liberdade, condicionada “a apresentações diárias no posto policial da área de residência, a proibição de se ausentarem para o estrangeiro, com apreensão de passaporte, e de contactaram com a vítima e pessoas próximas desta”, adiantou a mesma fonte.

Segundo esta fonte, foi um “desentendimento” por “questões fúteis” que desencadeou as agressões e, depois, o esfaqueamento da vítima, em plena via, na cidade de Leiria, na segunda-feira.

O jovem foi assistido no local pelos Bombeiros Municipais e pelos elementos da viatura médica de emergência e reanimação do INEM e transportado em estado grave para o Hospital de Santo André, em Leiria.

Testemunhas oculares relataram que a vítima estaria a fugir dos três alegados agressores quando foi alcançada na estrada e, depois de agredida com pontapés, esfaqueada.

“A vítima agarrou-se depois à porta de um veículo que ia a passar no local”, declarou uma testemunha, referindo que o condutor imobilizou o veículo e, com a ajuda de outros transeuntes, tentou socorrer o jovem.

Os suspeitos colocaram-se de seguida em fuga.

One Comment

  1. Pedro Paulo says:

    Se fosse aqui no Brasil, esses dois VAGABUNDOS responderiam pelo crime atraz das grades.
    O Brasil tem que rever suas leis com relação a crimes contra estrangeiros.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*