Dificuldades de pagamentos nas SCUT reduz reservas nos hotéis da região

A Turismo do Centro de Portugal alertou que as dificuldades na aquisição de dispositivos eletrónicos para circular nas antigas SCUT, por parte dos condutores não residentes em Portugal, têm levado ao cancelamento de reservas nas unidades hoteleiras da região.

Numa carta enviada ao secretário de Estado do Turismo, Bernardo Trindade, a Turismo do Centro de Portugal manifesta a sua preocupação perante o que diz ser um “comportamento negativo da procura turística em diversos estabelecimentos de alojamento”.

A entidade regional de turismo do Centro diz que este comportamento está relacionado com as “contingências na chegada ao destino” para os automobilistas, e com maior evidência no eixo abrangido pelas antigas SCUT A25 e A29.

“Efetivamente, e conforme sensibilidade do sector profissional, os condutores não residentes em Portugal encontram inúmeros obstáculos na aquisição dos dispositivos eletrónicos temporários de pagamento e apresentam desconforto perante a complexidade da metodologia”, pode ler-se na missiva.

Segundo a entidade regional de turismo do Centro, esta situação tem levado ao “cancelamento sistemático das reservas, inclusivamente por parte de clientes habituais”, estando atualmente a decorrer um levantamento do número de reservas canceladas.

Este organismo com sede em Aveiro acrescenta ainda que este facto constitui “um forte impedimento à dinamização dos fluxos turísticos, das pernoitas, e contraria a desejada repetição de visita”.

Por fim, a Turismo do Centro de Portugal lembra que se aproxima a passagem de ano, considerado um período “crucial” para o setor profissional, e salienta a importância do mercado espanhol para esta região.

Nesse sentido, este organismo solicita a intervenção do governante junto da tutela e da Secretaria de Estado dos Transportes, no sentido de garantir a agilização dos procedimentos de pagamento das SCUT e a respetiva comunicação, com a maior celeridade possível.

A Turismo do Centro de Portugal abrange 58 concelhos de seis distritos (Guarda, Viseu, Aveiro, Coimbra, Leiria e Castelo Branco) e possui quatro delegações designadas Pólos de Marca Turística (Castelo Branco/Naturtejo, Coimbra, Ria de Aveiro e Viseu/Dão-Lafões.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*