Violada em ajuste de contas

Abordou-a no domingo à noite no Centro Comercial Fórum de Coimbra, onde a jovem de 17 anos trabalha. Disse-lhe que conhecia o namorado (que está preso) e com quem, aliás, teria construído uma grande relação de amizade durante o período em que, no mesmo estabelecimento prisional, também cumpriu pena.

Chegada a hora de a rapariga ir para casa, insistiu em dar-lhe boleia. Mas o percurso entre Vale Gemil e Adémia de Baixo acabaria por ser fatal.

Pelo caminho, o suspeito parou o carro junto a um pinhal. Terá sido nesse momento que a máscara caiu: a jovem acabaria por ser ameaçada de morte e violada. Afinal, tudo terá sido premeditado com um propósito: vingar-se do namorado da vítima que – terá dito – “lhe devia muito”. Se a jovem não colaborasse, matava-a.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*