Vingar na Taça a derrota para o campeonato

Foto de Arquivo - Gonçalo Manuel Martins

Depois da derrota caseira frente ao Sporting, há duas semanas para digerir a revolta, mas não é tempo, para já, de pensar no regresso ao campeonato. Antes da viagem a Setúbal há mais uma prova de fogo. Um jogo onde os erros custam caro e podem ditar a eliminação de mais uma prova.

A Académica vai a Aveiro, no próximo domingo, pelas três da tarde, para defrontar o Beira-Mar. É tempo de ajuste de contas para a turma de Jorge Costa, agora para a Taça.

Na 3.ª jornada da Liga, Wilson Eduardo colocou o Beira-Mar em vantagem, pouco antes do intervalo. Sougou respondeu, pouco depois do regresso dos balneários, mas Djamal, aos 61’, fez o golo que dava a vitória aos aveirenses.

Foi, talvez, o jogo menos conseguido da Académica nas 11 jornadas da prova. A velocidade dos aveirenses surpreendeu a Académica, que não estava habituada a ver alguém jogar mais rápido… e o resultado foi uma derrota que não estava nas contas de Jorge Costa.

Hoje os estudantes regressam aos treinos, sem Diogo Gomes, Pape Sow e Berger. O austíaco é reavaliado hoje, para avaliar a gravidade da lesão no joelho, contraída no final da partida com o Sporting. Esta é, talvez, a maior dor de cabeça para Jorge Costa, que perde um dos jogadores essenciais do seu “onze”. Berger falhou apenas o último jogo da Taça da Liga, por opção.

Addy na seleção

Quem também não deve ser opção para Aveiro é o lateral-esquerdo emprestado pelo FC Porto, David Addy, que vai disputar amanhã, ao serviço do Gana, um particular, frente à Arábia Saudita. No entanto, recorde-se, o ganês não tem sido titular, pelo que não deve ser grande preocupação para Jorge Costa.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*