Uma explosão de rock

Posted by

Superdinamite - Vitor Laborda, Dinis Laborda e Filipe Figueiredo

  Vítor Laborda (guitarra e voz), o seu pai Dinis Laborda (baixo) e Filipe Figueiredo (bateria) formam o trio Superdinamite. Com 29, 55 e 31 anos, respetivamente, são naturais da Figueira da Foz. O nome do projeto, que teve início em 2005, diz Vítor Laborda ao DIÁRIO AS BEIRAS, “soa a bomba e a algo maior do que o normal”. 

Rock antagónico. As sonoridades e a “alma” do rock aliam-se a uma atitude antagónica ao estilo musical. “Muitos artistas fomentaram a ideia de que, para tocar rock, é preciso ser doido ou toxicodependente”, diz o vocalista. É contra o mito desse rock que lutam. “O nosso rock é forte e pesado mas sem nada disso. Fazemos questão de dar o exemplo”. 

As letras são a principal arma de combate. Falam de forma crua e agressiva sobre problemas sociais, admite. Mas porque têm de ser encarados. Temas como a droga, a prostituição, a traição ou o vício do jogo. Moralismo. “Queremos que as pessoas reflitam nas atitudes negativas que tomam”. 

Mas, para esta banda, os problemas só se transformam em notas musicais quando afetam o país onde vivem. É também por isso, aliás, que fazem questão de lhes dar voz em português. A música pode ser um importante instrumento na mudança de mentalidades e atitudes, afiança Vítor Laborda. E o português a 100 por cento, como se define, não concebe a ideia de transmitir a mensagem numa outra língua que não a sua.  

Primeiro álbum já está nos palcos  

Uma sonoridade alternativa sim, mas sem entrar no estilo “metal”. Até porque o vocalista faz questão de que o público entenda perfeitamente as mensagens. O estilo musical muito próprio deu também o nome ao primeiro trabalho da banda. A edição de mil cópias do “Rock Antagónico” saiu-lhes do bolso. 

Atualmente, já possuem um estúdio próprio e novos trabalhos surgirão. Divulgar o “Rock Antagónico”, concluído em março, é agora o objetivo do trio figueirense. E os palcos continuam a surgir. Esta noite, a banda vai marcar presença no bar “Niktos”, em Alhadas.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*