Mais um prémio para Santa Clara

Posted by

Foto de Gonçalo Manuel Martins

O Mosteiro de Santa Clara-a-Velha, em Coimbra, acaba de receber mais uma distinção internacional. Depois do Prémio Europa Nostra, o projeto patrimonial e arqueológico foi distinguido com o Prémio Internacional AR&PA 2010, atribuído pela Junta de Castilla y León, em Espanha.

Para António Pedro Pita, responsável pela Direção Regional da Cultura do Centro (DRCC), entidade que tutela o monumento, a distinção que agora veio de Espanha representa o “reforço da presença internacional do Mosteiro de Santa Clara-a-Velha, em todas as dimensões da sua singularidade”.

De acordo com uma nota da DRCC, António Pedro Pita recebeu no passado domingo, em Valladolid, o Prémio Internacional AR&PA 2010, acompanhado pelos arquitetos Alexandre Alves Costa e Sérgio Fernandez, responsáveis pelo projeto de valorização que transformou Santa Clara-a-Velha  num exemplo extraordinário de intervenção patrimonial.

Os prémios AR&PA de intervenção no património histórico são os únicos existentes em Espanha na sua categoria e reconhecem o trabalho de pessoas e instituições em favor da conservação, investigação e intervenção em bens integrantes do património histórico.

O prémio é atribuído em quatro categorias – regional, nacional, internacional e honorífico. Em 2010, no âmbito da VII Bienal de Restauro e Gestão do Património, o prémio internacional distinguiu o projeto português “Restauro do Mosteiro de Santa Clara-a-Velha”.

Deste modo, sublinha a nota da DRCC, depois  do Prémio Europa Nostra, o AR&PA 2010 “reforça a presença internacional” do amplo projeto cultural que é o  Mosteiro de Santa Clara-a-Velha.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*