Mais de 100 acidentes numa semana justificam reforço de emergência

Posted by

Foto de Arquivo

Três feridos graves e 39 ligeiros é o resultado de cerca de uma centena de acidentes ocorridos na área de intervenção da GNR no distrito de Viseu durante a última semana. De acordo com a informação da respetiva força de segurança, registaram-se 103 acidentes fora das cidades patrulhadas pela PSP, 2/3 dos quais resultaram de colisões entre viaturas. Foi nestas circunstâncias que se registaram danos pessoais mais graves, logo seguidos de 32 despistes e quatro atropelamentos.

As limitações atmosféricas e as deficientes condições de visibilidade, que se agravaram nos últimos dias, terão estado na origem de vários sinistros, mas há também outras causas que podem estar a avolumar as estatísticas, mesmo que na última semana, os números de Viseu não tenham atingido os resultados trágicos dos distritos de Coimbra e Leiria onde, no mesmo período ocorreram acidentes fatais.

É o caso do consumo exagerado de álcool. Em vários concelhos e dias diferentes, entre 9 e 14 de Novembro, o comando distrital de Viseu registou taxas de alcoolemia acima de 2,2 g/l em Tarouca, Tondela e Santa Comba Dão, com um triste recorde de um homem, de 49 anos de idade, apanhado no domingo em Carregal do Sal, com 3,49 g/l.

Quanto a meios de socorro, para além das corporações de bombeiros, o Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) vai reforçar a sua presença no território a partir do primeiro dia de Dezembro, de acordo com um protocolo assinado com os Voluntários de Viseu.

O INEM compromete-se a sediar uma nova ambulância (viatura de cuidados pré-hospitalares) nas instalações dos “soldados da paz” da sede do distrito.

Este tipo de equipamento já existe em outros oito concelhos: Mangualde, Tondela, Santa Comba Dão, Castro Daire, Lamego, Moimenta da Beira, Vouzela e Cinfães.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*