Há vida para além do Secretariado

Posted by

Até final de novembro, a Comissão Política de Federação do PS deverá voltar a reunir-se, para uma segunda tentativa de eleger o Secretariado. Mário Ruivo não vai abdicar dos seus 12 apoiantes e apenas admite ceder nos três militantes que convidou e que tinham estado com Victor Baptista.

O Secretariado, como se sabe, é o órgão que executa o projeto vencedor. Por isso, cabe ao presidente apresentar a sua equipa. Foi o que fez Mário Ruivo.

Primeiro, escolheu 12 nomes da sua confiança – José Soares, Manuel Guinapo, Joel Vasconcelos, Nuno Costa, Cristina Martins e Luís Santarino, de Coimbra; Ana Gouveia, de Miranda; Carlos Castanheira, de Arganil; Maria do Céu Lourenço, de Cantanhede; José Iglésias e Luís Ribeiro, da Figueira; e Vasco Sousa, de Montemor. Depois, foi aos apoiantes de Baptista escolher mais três: Ana Manaia, de Condeixa; Maximino Morais, de Coimbra; e Sandra Ralha, de Penacova.

A lista foi “chumbada”. Teve 41 votos contra e só 35 a favor. Houve quatro brancos. Um resultado que contrasta com a eleição da mesa. Victor Baptista (presidente), Francisco Reigota e Paz Cardoso obtiveram 51 “sins”, quatro “nãos”, registando-se ainda um voto nulo e 17 brancos.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*