Fórum de desenvolvimento económico em Penela

Posted by

Saber qual é o caminho que a economia do país real – a economia das pessoas e das empresas – vai trilhar nos próximos anos é o objetivo do V Fórum de Desenvolvimento Económico de Penela que tem lugar amanhã.

O palco da iniciativa é, exatamente, um concelho que tem exemplos para mostrar de investimentos em curso, mesmo num período em que a economia está deprimida.

Privados têm a parte de leão

O presidente da autarquia de Penela, Paulo Júlio, adianta que estão a ser aplicados cerca de 60 milhões de euros em diversos projetos, sublinhando que, destes, apenas 18,3 por cento são de iniciativa pública. Há um hotel em construção, um centro de bem-estar e medicina preventiva, um parque empresarial em expansão junto ao IC3, uma mini incubadora de empresas, com lotação esgotada, e um megaprojeto de turismo rural que junta duas aldeias, a recuperar, onde será possível disponibilizar 155 apartamentos.

Modelos de inovação

Quase todos estes casos são “novos modelos no âmbito da expansão económica regional, designadamente ao nível da inovação e do empreendedorismo”, refere o autarca local, que convidou os respetivos promotores a apresenta-los no fórum que se realiza amanhã.

De longe vêm outros gestores e especialistas. O cabeça-de-cartaz é o ex-ministro Eduardo Catroga, o homem que assumiu recentemente a chefia da delegação do PSD que negociou com o Governo a viabilização do Orçamento do Estado 2011.

O Fórum, organizado pela Câmara Municipal de Penela com a colaboração da Federação Nacional de Associações de Business Angels (FNABA), vai também abordar a globalização dos mercados, defendendo a necessidade de apostar em projetos de negócio originais.

Presença de consultor das Nações Unidas

Paulo Júlio, presidente da câmara, salienta que Penela “tem conseguido, através de parcerias diversas, sobretudo com o Instituto Pedro Nunes, levar por diante projetos que muito têm reforçado a qualidade de vida no concelho”, numa aposta, sublinha, que tem visado, essencialmente, “a promoção da inovação e do desenvolvimento da investigação em novas tecnologias e metodologias”.

Jorge Moreira da Silva, consultor financeiro do Programa de Desenvolvimento das Nações Unidas, que será um dos participantes já confirmados, considera que “Penela tem sabido concretizar, com êxito, uma nova agenda de crescimento”.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*