Eu deputado: Mau orçamento? Tenho dúvidas

É um mau Orçamento? Tenho dúvidas. O OE de 2011 tem feito correr muita tinta, acordos, desacordos e finalmente a certeza de que é um mau Orçamento, mas o possível!

Então vejamos; estamos perante a maior crise económica e financeira internacional dos últimos oitenta anos, não produzimos o suficiente há muitos anos, há receitas que ficaram por cobrar, desvios sucessivos como o das Estradas de Portugal, a dívida da Madeira e os famosos submarinos que foi preciso, evidentemente, começar a pagar. A acrescentar a tudo isto, que não é pouco, a UE obrigou-nos a acelerar o esforço orçamental, o que torna o OE de 2011 mais exigente.

Os objectivos da consolidação orçamental passaram no ano de 2010 de 9.6 de défice para 7.3 em Maio e a antecipação das metas de 2015 para 2012 com um défice de 3%. Esta exigência obriga Portugal a chegar a 4,6% do PIB em 2011. Este é o défice incontornável que temos de conseguir, só com medidas fortes e credíveis conseguiremos atingir este objectivo. São, não há a mínima dúvida medidas de uma dureza significativa que exigem sacrifícios a todos os portugueses, são por isso, medidas impopulares. Agora eu pergunto; se este é o Orçamento necessário, adequado à realidade, que o Governo com coragem apresentou, apesar das medidas impopulares, porque é então um mau Orçamento?

2 Comments

  1. Com este "post" decerto que o PS não se vai esquecer de a colocar nas listas para a próxima legislatura. A culpa foi só das Estradas de Portugal, da Madeira e dos submarinos…Se quem fala assim é NOSSA deputada, pouco mais podemos esperar do que aí vem…

  2. Observador says:

    Esta senhora não será, por acaso, familiar de um advogado e político com os mesmos apelidos…?!

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*