Coimbra elege o sucessor do presidente Pedro Rodrigues

Posted by

O atual vice-presidente, Duarte Marques, e o líder da distrital de Braga, Carlos Reis, são os candidatos a líder da Juventude Social Democrata (JSD). A escolha será feita durante o 21.º Congresso que ontem começou em Coimbra, mais concretamente no Pavilhão do U. CoimbraSolum).

Depois do congresso do PSD, que decorreu em 2001 no Pavilhão Eng.º Jorge Anjinho, a cidade acolhe nove anos depois uma reunião magna para eleição dos órgãos nacionais da estrutura jovem social-democrata.

Um encontro que significa, paralelamente, a despedida dos órgãos nacionais do atual líder da distrital da JSD e vereador na câmara, Paulo Leitão – é o 1.º vice-presidente da Comissão Política Nacional – e do antigo líder concelhio, Luís Correia – ocupa a vice-presidência da mesa do congresso. Como os dois já disseram, esta semana, ao DIÁRIO AS BEIRAS, é uma despedida em grande já que conseguiram trazer para a sua cidade a iniciativa. “Melhor era impossível”, referiram.

Para que fosse possível esta realização, Paulo Leitão realça o contributo local, em conjunto com as estruturas nacionais, de 40 militantes. E porque os tempos também são de crise, o líder da distrital disse que foi necessário otimizar recursos financeiros para que os delegados e militantes da JSD pudessem ter em Coimbra “o melhor congresso possível”.

O que é certo é que, feitas as contas, o 21.º Congresso da JSD irá custar à estruturasdistrital e concelhia cerca de 10.000 euros. Uma verba que irá ser repartida pelo aluguer do pavilhão, segurança e limpeza, entre outras.

Solidariedade

Como aconteceu no último congresso, as reuniões para escolha dos órgãos nacionais servem para a realização de iniciativas solidárias. Hoje, durante todo o dia, e amanhã de manhã, os delegados presentes podem dirigir-se a uma sala no interior do pavilhão para se tornarem dadores de medula óssea.

No exterior do recinto, e apenas hoje durante a tarde, estará instalado um autocarro do Instituto Português de Sangue para os “jotas” poderem dar sangue. Duas iniciativas onde os responsáveis partidários esperam uma boa adesão dos militantes da JSD.

Quanto ao congresso, teve início ontem à noite. A sessão de abertura contou a presença do secretário-geral do PSD, Miguel Relvas. Depois do jantar, será feita a apreciação do relatório de atividades da Comissão Politica Nacional (CPN) no mandato 2008-2010 e apresentação e discussão das propostas de revisão dos Estatutos Nacionais da JSD.

Moções de estratégia

Mas a principal discussão está agendada para a tarde de hoje. Duarte Marques e Carlos Reis apresentam as moções de estratégia global dos seus projetos, tendo em vista a sua eleição para os órgãos nacionais da estrutura

Apesar de partir em vantagem, já que detém o maior número de delegados eleito, Duarte Marques não entra em euforias antecipadas, já que a história do partido e da própria “jota” é pródiga em reviravoltas eleitorais. Quanto a Carlos Reis, a aposta tem sido a divulgação, nos últimos dias, de apoios de alguns militantes.

Duarte Marques realça que se identifica “completamente” com a atual liderança da JSD – avançando mesmo que que caso vença as eleições vai criar a rede JSD – enquanto Carlos Reis se assume como a candidatura da alternativa à presidência de Pedro Rodrigues e que a primeira alteração que fará é a reformulação “do programa para a juventude portuguesa”.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*