Providência cautelar pode adiar congresso distrital do PS

Posted by

Mário Ruivo foi ontem, oficialmente, declarado presidente da Federação Distrital do PS/Coimbra. A sua entronização pode, no entanto, ser adiada, se o Tribunal Constitucional der provimento a uma providência cautelar, interposta pela candidatura de Victor Baptista.

A vitória de Ruivo foi, definitivamente, ratificada já durante a madrugada, por deliberação da Comissão Nacional de Jurisdição (CNJ). Como se esperava, este órgão revogou a decisão da comissão distrital, que ordenara a repetição de eleições numa dezena de secções.

2 Comments

  1. O sr. Victor Batista tem mau perder não sabe respeitar a vontade dos Socialistas, está agarrado ao poder e só quer é tacho faça mas é alguma coisa pelo distrito que foi para isso que foi eleito e que se deve preocupar. Pois agora vir denegrir a tão frágil imagem do PS dizer que andaram a oferecer cargos e salários devia era ser suspenso de funções no PS.Tenha vergonha querem controlar tudo ou comer tudo deixem alguma coisa.

  2. julia florista says:

    Gostava de saber se o que o leva a estar tão agarrado á sede da Oliveira Matos é algum furo de petroleo que o senhor lá encontrou!!!!!!!!!!!
    Deve ser muito bom e importante, para não querer largar ……..
    O Srº fala muito de que pagaram quotas a militantes que apoiavam o drº Mário Ruivo e o srº e os seus apaniguados, também pagaram e muitas muitas muitas……desde 2001 a até hoje e aonde estão os empregos que o srº e o seu amigo presidente prometeram aqui em Mira nesta campanha para a federação?
    Como é que o srº pode ser deputado da nação!!!!!!!!!
    Mal vai o PS, mas pior o o país

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*