Eduardo Melo é o primeiro candidato à AAC

Aluno de Bioquímica, Eduardo Melo é o primeiro candidato oficial à direção-geral da Associação Académica de Coimbra (DG-AAC). O atual coordenador de Política Educativa da estrutura apresentou ontem a sua candidatura que diz ser de “continuidade”, mas não se “estagnação”. “Queremos dar seguimento à estratégia desenvolvida, mas sem nos cingirmos apenas à manutenção do trabalho que tem sido feito pela atual DG-AAC”, frisou. Recorde-se que Miguel Portugal, presidente da associação académica, já manifestou intenção de não se recandidatar ao cargo.

De resto, e para já, Eduardo Melo diz que a sua candidatura assenta em quatro pontos estratégicos. O primeiro diz respeito à política educativa, sobretudo à questão da ação social escolar. “Não pactuaremos com nenhuma medida que represente o agravamento das condições dos estudantes economicamente mais desfavorecidos”, salienta. Depois, caso venha a ser eleito, pretende e incrementar o investimento na qualidade de ensino, seja, por exemplo, através da avaliação do desempenho pedagógico dos docentes.

O desemprego entre os recém-diplomados é outro motivo de preocupação que, na opinião do dirigente, pode ser minimizado através de “uma aposta na formação em empreendedorismo”.

Por último, o estudante propõe-se uma meta que muitos ex-presidentes almejaram em início de mandato: aproximar a AAC da cidade, seja através de atividades de vária índole “para oferecer a Coimbra”, seja através de outras iniciativas que possam, também, alertar a sociedade para a causa estudantil.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*