Académica chumba no “exame” de Leiria

A União de Leiria venceu hoje a Académica por 2-1, em jogo para a 7.ª jornada da Liga de futebol disputado no Estádio Municipal de Leiria, um resultado que permitiu aos leirienses subir provisoriamente ao segundo lugar do campeonato.

A Académica foi superior durante grande parte da partida e esteve a vencer até aos 79 minutos. Mas a equipa de Jorge Costa, que chegou a Leiria em segundo lugar no campeonato, recuou e permitiu que a União de Leiria desse a volta ao marcador nos últimos minutos, jogando mais com o coração do que com a cabeça.

Miguel Fidalgo colocou os “estudantes” na frente do marcador aos 32 minutos, mas Carlão (79) e Zhang (88) deram o segundo triunfo consecutivo à União de Leiria, que iguala a Académica e fica provisoriamente a par de Sporting de Braga e Vitória de Guimarães.

A equipa de Coimbra entrou melhor e assustou a União de Leiria com três avançados bem abertos na frente, obrigando a equipa da casa a ‘encolher-se’.

Os leirienses mantiveram sempre quatro defesas na marcação a Sougou, Diogo Valente e Miguel Fidalgo e isso tornou o jogo muito tático, sem profundidade por parte da União de Leiria.

Apesar disso, na primeira oportunidade do encontro, aos 14 minutos, a União de Leiria podia ter marcado, num remate de N’Gal que Peiser desviou para a barra.

A Académica foi mais eficaz e no segundo remate à baliza contrária marcou mesmo. Sougou deixou Patrick para trás e cruzou para Miguel Fidalgo, que se antecipou a Bruno Miguel e fez o 0-1 aos 32 minutos.

A partida animou-se e a União de Leiria prescindiu de parte das cautelas. Os defesas continuaram lá atrás, mas os médios apoiaram mais a dupla da frente e a equipa até podia ter empatado antes do intervalo, num lance em que Zé António e Carlão remataram mal.

Bem organizada, a Académica rapidamente anulou a reação da União de Leiria e, aos poucos, começou a aproximar-se da área contrária.

Com um meio campo forte e mantendo os três avançados, Jorge Costa congelou a manobra dos leirienses e esteve perto do 0-2: Diogo Valente colocou à prova Gottardi, aos 53 minutos, e Miguel Fidalgo teve o segundo golo na cabeça, aos 57.

Pedro Caixinha tentou injetar energia no meio campo, com Leandro Lima e Rúben Brígido, mas a Académica continuou melhor.

Só quanto o técnico dos leirienses arriscou tudo, com Zhang no lugar de Marcos Paulo, é que os ‘estudantes’ recuaram.

A Académica começou a errar e permitiu a igualdade num lance repleto de falhas da defesa e do guarda-redes Peiser. Carlão aproveitou para fazer o 1-1 aos 79 minutos.

A União de Leiria entusiasmou-se e foi atrás da reviravolta. Zé António falhou o golo, aos 83 minutos, rematando contra Peiser.

Mas, aos 88 minutos, Patrick cruzou um livre para a área, Zhang saltou entre um molho de jogadores e desviou para o 2-1, conquistando a segunda vitória consecutiva para os leirienses.

One Comment

  1. Filipe Castanho says:

    Mais um texto da lusa… muito triste continuarem a bater no mesmo…

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*