Râguebi da Académica aponta para a final four

“Esta época a secção de râguebi da Académica está melhor estruturada, fizemos um investimento num treinador e diretor técnico para três anos e o objectivo é voltar a ser campeão”.

Sem papas na língua, Jaime Carvalho, presidente do râguebi da Académica não esconde que os “pretos” querem voltar “ao topo da modalidade”, embora reconheça que, “esta época deve ser difícil fazer mais do que chegar à final four”. No entanto, “depois de estar entre as quatro melhores equipas, “são três jogos apenas e é uma verdadeira lotaria, tudo pode acontecer”.

Neste momento, há muita curiosidade no meio do râguebi. “Vou falando com as pessoas do meio e todos estão espectantes em relação à Académica. Perdemos o primeiro jogo, frente ao Belenenses, mas dominámos grande parte do tempo. Depois, frente ao Técnico, vencemos folgadamente, mas podíamos ter vencido por 80-0. No último sábado, mostrámos mais do real valor desta equipa e penso que estamos na luta pela final four”, avalia Jaime Carvalho.

Um neozelandêz da casa

“O Robert já conhecia as nossas lacunas e foi ele que escolheu os atletas estrangeiros. Com exceção do Jamie Coote, que faz parte de uma aposta também para o corpo técnico”, explica o presidente. O treinador já estava escolhido “desde janeiro”, e teve tempo para “conhecer as instalações e observar todos os adversários”.

A aposta num treinador credenciado, que vem do continente do râguebi, “foi uma escolha a longo prazo. Podíamos ter apostado forte em jogadores estrangeiros, mas apostamos antes na formação”, adianta Jaime Carvalho.

Estrutura agrada

No que toca a financiamento, é raro encontram alguém plenamente satisfeito, mas o presidente da Académica diz que os apoios “vão sendo suficientes.” Quanto às infraestruturas, “só é pena termos a família dispersa”. Os mais novos, “até aos sub-18, treinam no Campo de Santa Cruz, que é o ideal. Os sub-18 e seniores treinam o Estádio Universitário e os seniores jogam no Estádio Sérgio Conceição, em Taveiro. Apesar de não serem as ideais, somos, talvez, o clube com melhores infraestruturas”.

A Académica tem hoje confronto marcado com o campeão nacional, o Direito, em Monsanto, pelas 15H00. É talvez a prova de fogo. O dia que pode mostrar o real valor desta nova equipa

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*