“O que continua por cumprir é a republicanização da república”

Posted by

“Com o 25 de abril refundou-se a república, nasceu a segunda e não a terceira república. Mas sobretudo, aprofundou-se a república, porque os democratas aprenderam com os erros”. O general Monteiro Valente foi um dos oradores do congressoEncontros Com 100 Anos de República”, no Casino Figueira, sábado, explanando sobre as semelhanças e diferenças entre o 25 de abril de 1974 e o 5 de outubro de 1910.

“36 anos depois do 25 de abril, vivemos outra vez num período de crise”, disse, e “o que volta a falhar hoje, é a democratização efetiva no panorama nacional”. Ou seja, “o que continua por cumprir é a republicanização da república”, concluiu.

A propósito da atual situação do país, e questionado por um elemento do público sobre a disponibilidade dos militares para irem novamente “para a rua”, Vasco Lourenço, capitçaõ de abril, afiançou que “não há condições para as atuais Forças Armadas fazerem um ato como o 25 de abril”.

Mas, perante as atuais democracias, “profundamente doentes e moribundos”, afirmou, “ou os agentes do poder se convencem de que têm de perceber os anseios e necessidades de quem os elegeu ou vem aí uma nova revolta dos escravos”.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*