Utentes contra portagens nas SCUT reúnem na próxima semana

As comissões de utentes contra as portagens nas SCUT (autoestradas sem custos para o utilizador) vão reunir-se na próxima semana, de forma a decidirem que ações de luta irão desenvolver pelo país, informou fonte de uma das comissões.

O porta voz da Comissão de Utentes Contra as Portagens nas autoestradas A25, A23 e A24, Francisco Almeida, avançou que a reunião terá lugar a 25 de setembro, na Junta de Freguesia da Senhora da Hora, em Matosinhos.

“Vamos conversar com as outras comissões de utentes e desta reunião nacional vão sair as ações de luta a desenvolver pelo país”, informou.

Para hoje à noite, a Comissão de Utentes Contra as Portagens nas autoestradas A25 (Aveiro-Vilar Formoso), A23 (Guarda-Torres Novas) e A24 (Viseu-Chaves) tem agendada mais uma recolha de assinaturas, desta feita no concelho de Tondela.

“Vamos estar logo à noite na Ficton, em Tondela, numa feira onde esperamos que vá estar muita gente, o que é ótimo para recolher assinaturas”, justificou.

De acordo com Francisco de Almeida, a comissão de utentes já recolheu cerca de sete mil assinaturas no distrito de Viseu.

“Na internet já recolhemos mais de cinco mil assinaturas e com as do papel já deve rondar as sete mil só no distrito de Viseu. Não tenho a contagem dos distritos da Guarda e de Castelo Branco”, referiu.

Francisco Almeida alega que daqui por diante vão aproveitar diferentes eventos a realizar nos concelhos de Vouzela, Oliveira de Frades, Castro Daire e Mangualde, para procederem à recolha de mais assinaturas contra as portagens na A23, A24 e A25.

“A procissão ainda não saiu do adro. Só agora é que vamos partir para a recolha em força”, concluiu.

One Comment

  1. AO PESSOAL QUE ESTÁ CONTRA AS PORTAGENS, SÓ LHES RESTA O SEGUINTE: PEGAR EM TUDO QUE TENHA À MÃO E DEITAR POR TERRA TODAS AS TORRES DE VIGILÂNCIOA, QUE NEM NO TEMPO DA PIDE EXISTIAM, MAS COM ESTES DEMOCRATAS EXISTEM (MENOS PARA OS BOYS). ESTOU A FALAR DE TODOS OS PARTIDOS POLITICOS, POIS ESSES NADA FAZEM PARA DEFENDER O POVO.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*