Pedro e Inês inspiram mercado medieval em Cantanhede

Posted by

Inspirado na famosa lenda do casamento de D. Pedro e D. Inês, que aconteceu em segredo na Capela da Varziela, em Cantanhede, realiza–se nos próximos dias 25 e 26, um mercado medieval.

O local onde se vai realizar o mercado é a fonte de D. Pedro. Isto porque reza a que era o sítio onde D. Pedro parava para descansar, dando de beber ao seu cavalo, numa pia em pedra de Ançã, que ainda hoje lá permanece. Este local também seria propício a encontros discretos entre os dois amantes, Pedro e Inês. Era o ponto de encontro onde namoravam.

Como tudo terá acontecido? Que emoções se experimentaram? Com que intensidade se viveram os rumores deste casamento proibido? Estes são alguns dos desafios dos escuteiros do Agrupamento 382 de Cantanhede, do Corpo Nacional de Escutas, que estão a desenvolver o projecto que de.corre nos próximos dias 25 e 26, numa iniciativa que conta com o apoio da Moviment’ARTE.

O campo Fonte D. Pedro, onde o Agrupamento 382 já realizava algumas actividades, foi o local escolhido para este evento. Primeira será celebrada uma missa campal, presididapelo padre Luís Francisco, seguida da encenação do casamento de D. Pedro e de D. Inês de Castro, papéis que serão desempenhados por Miguel Carvalho e Carolina Pessoa, respectivamente. A encenação da boda real será outro dos momentos da noite, bem como um canto de felicidade interpretado pelas personagens principais e por Nuno Sérgio, que vestirá o papel de profeta.

O mercado contará com os tradicionais feirantes medievais, tasquinhas, artesanato, lutas de armas, auto de fé, malabares, animadores, lançadores de fogo, assalto ao recinto, danças medievais, dança do ventre, baile medieval, cortejo medieval pela cidade, anúncio e casamento de D. Pedro e D. Inês com a tradicional boda real, terminando com missa, rezada em Latim.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*