Figueira de Castelo Rodrigo: Autoridades investigam Misericórdia

O Ministério Público está a investigar um crime de peculato e participação económica em negócio envolvendo a Misericórdia de Figueira de Castelo Rodrigo, disse fonte judicial.

Fonte da PJ confirmou que remeteu para o MP uma proposta de acusação relativa a este caso, que envolve aquela instituição de utilidade pública.

De acordo com as autoridades, “foi possível recolher diversos elementos de prova” que indiciam que responsáveis dessa instituição “se terão apropriado indevida e ilicitamente de bens e valores pertencentes àquela instituição”.

A PJ revela ainda em comunicado que foram “recolhidos indícios da concretização de negócios jurídicos manifestamente lesivos do património e interesses da instituição, beneficiando indevidamente com os mesmos uma empresa privada detida por um familiar direto do responsável máximo da instituição lesada”.

Contactado pela agência Lusa, o presidente e provedor da Misericórdia de Figueira de Castelo Rodrigo, Fernando Carrilho, recusou prestar declarações.

One Comment

  1. Isto é ke é serviço público de kualidade…….e desinteressado…..! Há gente, ke não se lembra dos outros…só de si próprio..e pensa ke a vida não acaba…..! O "impoluto presidente" e a sua cara metade, deviam ter vergonha…e já há anos ke se deveriam ter ido embora…não xega reformas xorudas..e ainda utilizam a Misericórdia, como da casa deles se tratasse…! Aliàs, nomeadamente a Srª, é gente sem misericórdia de ninguém….! " Boas garafinhas de wisky e bom peixe – xerne – para os idosos e roupinhas de marca para os necessitados…são a sua politica….nunca oa provaram….

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*