Falta água em Penela

Posted by

A água não vai faltar, mas para isso a autarquia de Penela já teve que ligar à rede uma série de furos alternativos, “sub-sistemas que são accionados em situações extremas”, explica o presidente da autarquia, Paulo Júlio.

Todavia, este registo não é novo. A população já conhece as dificuldades e, por isso, colabora no esforço de redução dos consumos nesta altura do ano. “Somos auto suficientes durante 10 ou 11 meses, mas nos verões mais quentes surgem dificuldades porque as nascentes não dão resposta às necessidades da Estação de Tratamento de Água (ETA) de Cancelas. De onde sai um milhão de litros de água por dia.

Neste contexto, Paulo Júlio anseia pela conclusão da empreitada das Águas do Mondego (AdM) que fará o transporte da captação da Boavista (Coimbra), para abastecimento de todo o concelho com água de qualidade e sem interrupções. A obra deverá estar concluída no próximo Verão.

No que diz respeito ao saneamento no concelho, o calendário da empreitada de construção das duas ETARs – Quinta de Cima e Pisão Cerejeiras – aponta para a conclusão das obras dentro de quatro meses num investimento de pouco mais de dois milhões de euros.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*