Coimbra está rendida à magia

Posted by

Às ruas e às praças de Coimbra voltam hoje truques e ilusões capazes de fazerem despertar a magia que há nas coisas mais simples: bolas, cordas brancas, lenços sedosos e multicolores. Mesmo porque, diz o especialista, “a magia está nos olhos e, sobretudo, na imaginação de quem vê”.

Os Encontros Mágicos de Coimbra têm hoje início e prolongam-se até domingo – entre 14 e 19 de setembro –, num programa que leva uma vez mais à cidade do Mondego alguns dos melhores intérpretes internacionais das artes mágicas.

Nos seis dias do festival que Luís de Matos coordena em termos artísticos e organizativos e a Câmara Municipal de Coimbra apoia há 14 anos consecutivos, irão apresentar-se 12 mágicos, vindos de sete países da Europa, mas ainda do Brasil, dos EUA e da China.

Para lá dos espetáculos de rua – que, entretanto, fizeram escola em Portugal e um pouco por todo o mundo –, os Encontros Mágicos estendem-se uma vez mais, como sublinharam Luís de Matos e Maria José Azevedo Santos, a vereadora da Cultura de Coimbra, na apresentação do festival, a outros locais e outros públicos habitualmente arredados da dinâmica cultural.

Mantém-se, portanto, a visita vivida sempre de uma forma especial – porque destinada a gente especial – ao Hospital Pediátrico e ao Estabelecimento Prisional de Coimbra.

Depois, há ainda as grandes galas internacionais – a decorrerem sexta-feira e sábado, sempre às 21H30, no Teatro Académico de Gil Vicente –, e que são, como destaca Luís de Matos, os grandes momentos de encontro entre um público fiel e alguns dos maiores nomes do universo da magia.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*