Nove pessoas morreram nas praias em Julho

Posted by

Nove pessoas morreram nas praias portuguesas e os nadadores salvadores efectuaram 273 salvamentos em Julho, segundo informação divulgada domingo no site oficial da Marinha.

A grande maioria dos acidentes fatais decorreu em praias não vigiadas, sendo que em zonas marítimas morreram seis pessoas, e em zonas fluviais morreram mais duas.

Também um jovem de 20 anos, de nacionalidade portuguesa, morreu subitamente na Praia da Saúde, na Costa da Caparica, uma zona marítima vigiada.

Nas praias não vigiadas quatro pessoas faleceram por motivo de afogamento e/ou da corrente marítima e outras quatro morreram subitamente.

As vítimas eram todas do sexo masculino e tinham idades compreendidas entre os 13 e os 59 anos. Apenas uma das vítimas era de nacionalidade inglesa.

Os acidentes decorreram um pouco por todo o país: além da Praia da Saúde, também nas praias da Amoreira (Lagos), da Apúlia (Viana Castelo), da Leça da Palmeira (Leixões), da Cova Gala (Figueira da Foz) e da Praia Grande (Sintra), bem como na piscina marítima de Ponta Delgada (Ilha São Miguel, Açores) se verificaram acidentes fatais com banhistas.

Durante Julho, foram 274 os salvamentos efectuados por nadadores salvadores nas praias concessionadas. Na assistência a banhistas e socorro a náufragos, recorreu-se 87 vezes a motos 4×4, 74 vezes a carrinhas, 43 vezes a motos de água.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*