Equipas de investigação da PJ reforçadas com 60 elementos

A Polícia Judiciária (PJ) reforçou as equipas de investigação aos incendiários com mais de 60 elementos de outros departamentos, disse fonte da direcção nacional.

Inspectores que habitualmente investigam assaltos violentos, homicídios, tráfico de droga ou crimes económicos foram desviados para auxiliar a investigação aos suspeitos de fogo posto.

Depois do reforço das equipas de prevenção de incêndios, em junho, e dada a quantidade de fogos que deflagraram nos últimos dias, nomeadamente no Norte e Centro do país, a PJ sentiu necessidade de aumentar ainda mais as equipas que estão no terreno.

“Todos os departamentos receberam instruções para formarem equipas de combate aos incendiários”, disse à Lusa o director nacional, Almeida Rodrigues, lembrando que dos 12 detidos por fogo posto em floresta “quase metade é reincidente”.

Por agora, o reforço de pessoal no combate aos criminosos ronda os 60 elementos, mas o número pode sofrer alterações consoante uma “monitorização diária das necessidades” que está a ser feita, adiantou.

Juntamente com o reforço de pessoal, foi também decidido contactar todos os incendiários referenciados pela PJ e que já cumpriram pena de prisão por fogo posto, até porque, a reincidência é algo que preocupa a polícia.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*