Bicicleta nova com trepadores da casa

Numa equipa renovada, os mais jovens da “canteraacademista mostraram que os santos da casa até fazem milagres. A Académica venceu, com bons apontamentos, mas está “verde”, ainda.

No arranque da “Volta”, a Académica mostrou que quer voltar a comandar o pelotão. Mas ainda falta muito trabalho para pensar na “amarela”. O trocadilho com o ciclismo é simples. É que a Académica entrou… de bicicleta. Um golaço aos 5’ de Paulo Ribeiro.

Os da casa entraram melhor, mas a defesa renovada – só Cristiano era da Académica no ano passado – deu muitos sustos aos adeptos. João Figueiredo, ex-Sporting, foi tudo menos um guarda-redes seguro. E se, no ano passado, João Nunes já tinha mostrado valor, o que o levou até à Selecção, o “banco” de ontem não se deve repetir.

Neste arranque de etapa, a Briosa tentou a fuga bem cedo, com Paulo Ribeiro em evidência, mas o Moreirense lançou os perseguidores e Manu, aos 29’, empatou, com culpas para o guardião local. A Académica respondeu e João Costa, aos 33’, no mesmo lance, enviou a bola ao poste e à barra, para desalento dos adeptos.

No entanto, o camisola rosa, o jovem Paulo Ribeiro, voltou a mostrar-se como o chefe de fila da 1.ª parte, aproveitando um ressalto, a fazer o 2-1 aos 41 minutos.

Os locais chegaram ao fim da 1.ª etapa em vantagem e voltaram a entrar mais rápidos na 2.ª, com João Costa a chegar-se à frente e aos 46’ quase marcava, de cabeça. No minuto seguinte foi Cerveira a tentar um “chapéu”, sem sucesso.

No entanto, numa fase em que o Moreirense parecia ter abdicado da “corrida”, Carlos entrou e marcou, aos 64’, com culpas novamente para o guardião.

Tudo empatado a poucos “quilómetros” dos 90’ e já se adivinhava uma recta final ao sprint. A Académica foi controlando, atacou no final e tirou frutos. Marcelo fez penálti sobre Cristiano e João Costa marcou o 3-2 que lhe valia a camisola branca… dos pontos.

Já sobre a meta final, André Oliveira aumentou a contagem (4-2).

Por enquanto a “amarela” é do FC Porto, que venceu, por 4-0 o Merelinense.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*