31 milhões para turismo da região Centro

Sete empreendimentos turísticos, quatro projectos de actividade de náutica e animação cultural e ambiental e uma plataforma tecnológica dirigida ao segmento eventos. A região Centro viu aprovados 12 projectos ao abrigo do Pólo de Competitividade e Tecnologia – Turismo 2015, que financia projectos turísticos inovadores e de qualidade com verbas do QREN.

Os contratos assinados ontem, no auditório da CCDRC, entre o Turismo de Portugal e o Ministério da Economia, envolvem um investimento total de mais de 49 milhões de euros e um incentivo reembolsável de 31, 67 milhões de euros.

A iniciativa – frisou o ministro da Economia Vieira da Silva –“pretende valorizar um esforço que tem vindo a ser concretizado pelos empresários da região para a modernização da nossa oferta turística”. Um esforço que tem tido resultado positivos nos últimos anos.

Segundo o secretário de Estado do Turismo, a região tem vindo a demonstrar, ao longo do tempo, “uma enorme determinação: é neste clima de confiança que a região Centro tem hoje um crescimento de seis por cento”, anunciou Bernardo Trindade.

Foi neste sentido que o governante salientou a importância deste tipo de “parceria”, de modo a “combater o ambiente de neurose colectiva que o país está a viver”.

No total, os 12 investimentos vão criar 186 postos de trabalhos, metade dos quais qualificados. Metade dos projectos no Centro tem origem em destinos emergentes: dois no Pólo de Desenvolvimento Turístico da Serra da Estrela, dois no Oeste e dois no Pólo de Leiria-Fátima, representando 73,5 por cento de todo o investimento previsto para a região Centro.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*