Centro de educação rodoviária na cidade

Posted by

Foto Helder Sequeira

O ministro da Administração Interna defendeu na Guarda que “a segurança é um desafio permanente para toda a comunidade”. Rui Pereira falava na sessão de encerramento do colóquio “Segurança Interna – Um Desafio Permanente” que o Governo Civil da Guarda promoveu, no Politécnico.

Acentuando que a segurança interna passa por várias vertentes, recordou o esforço que tem sido feito ao nível da prevenção rodoviária, o qual se tem traduzido na redução do índice de sinistralidade. Como exemplo, apontou o facto de na década de 80 haver um número de mortes, nas estradas portuguesas (por ano) de 2600 pessoas e em 2009 esse número foi já de cerca de 800. “É uma evolução extraordinária”, afirmou Rui Pereira, resultado de uma “sensibilização” que “faz parte da política nacional de segurança interna”.

Na reunião, no Governo Civil, foi equacionada a possibilidade de ser criado um centro de educação rodoviária, à semelhança de um projecto que existe na cidade de Salamanca. Nesse organismo são ministradas “acções de formação no domínio da prevenção e da segurança rodoviária”.

O avanço desse projecto, que deverá envolver a GNR, vai passar pela assinatura de um protocolo com o Instituto Politécnico da Guarda, funcionando o Ministério da Administração Interna como parceiro desse projecto, através da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*