Queima das Fitas cancela Olimpíadas Universitárias

ARQUIVO DB-Gonçalo Manuel Martins

A iniciativa, organizada pela comissão central da Queima das Fitas, deveria ter começado na passada segunda-feira e terminado ontem. Mas a falta de participantes obrigou a organização a cancelar todas as actividades previstas.

De acordo com a comissária que tutela a área do Desporto, o prazo para a inscrição de equipas chegou até a ser “alargado”. Sem efeito. No dia das Olimpíadas, estavam formadas as equipas das faculdades de Letras e de Ciências do Desporto. Já em relação às equipas das faculdades de Medicina e de Farmácia – segundo Filipa Godinho –, essas “já estariam constituídas, mas os respectivos núcleos não fizeram chegar os dados à comissão central”.

A falta de comunicação entre as duas entidades, agravada com a “dificuldade” da comissária em estabelecer contacto com os núcleos de estudantes, foram os motivos apontados por Filipa Godinho para a falta de “adeptos”. A estes, juntou o facto de as actividades estarem programadas para de manhã.

As olimpíadas, que iriam decorrer no Estádio Universitário e no Complexo Olímpico de Piscinas (Solum), estavam inseridas na programação da Queima das Fitas 2010.

As equipas deveriam ser constituídas por 10 elementos que representariam cada uma das faculdades de Coimbra, com o objectivo de alcançarem os melhores resultados em seis modalidades olímpicas.

No final da competição, a equipa vencedora ganharia 10 bilhetes gerais. A segunda melhor teria direito a dois bilhetes pontuais por cada “atleta”, e a terceira, a um bilhete pontual por cada participante.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*