Direcção do Centro de Emprego da Guarda reúne com trabalhadores dispensados da Delphi

Posted by

Segundo Armando Reis, director do CEFP da Guarda, os serviços realizam hoje e amanhã, nas instalações da empresa multinacional, várias sessões de “informação e orientação” para cerca de 170 dos 258 operários que serão dispensados no dia 19 do próximo mês.

Armando Reis referiu que na quarta-feira foram realizadas as primeiras reuniões com cerca de 90 trabalhadores despedidos, a quem foram explicados os procedimentos que devem ter quando passarem à situação de desempregados.

O director do CEFP explicou hoje à agência Lusa que com esta medida os serviços pretendem agilizar procedimentos e facilitar a vida dos futuros desempregados.
“Ninguém gosta de esperar [para ser atendido] num serviço público. E com este nosso trabalho, acima de tudo, pretendemos ser eficazes e eficientes”, justificou o responsável.
Acrescentou que o objectivo é “que as pessoas tenham a sua vida facilitada, dado que uma situação de desemprego, por si, já não é fácil”.
Nas sessões são prestados esclarecimentos sobre direitos e deveres, medidas activas de emprego existentes e de formação profissional, referiu.
Também são definidos os dias em que os trabalhadores deverão deslocar-se aos serviços para efectuarem a respectiva inscrição, sendo que os novos 285 desempregados devem dirigir-se ao CEFP nos dias 20, 21 e 22 de Abril, em horários previamente estabelecidos.
Armando Reis justificou que com a tipologia definida, os serviços pretendem “que as pessoas esperem o menos tempo possível e que sejam atendidas o mais rapidamente possível”.
O responsável recordou que um sistema idêntico foi aplicado no início do ano, quando acorreram ao centro de emprego os cerca de 315 operários dispensados pela Delphi da Guarda no final de 2009.
A administração da empresa de fabrico de cablagens para a indústria automóvel já enviou as cartas de despedimento coletivo a 286 operários, que serão dispensados até maio, embora o maior número ocorra no mês que vem.
O Sindicato dos Trabalhadores das Indústrias Metalúrgicas e Metalomecânicas (STIMM) de Aveiro, Viseu, Guarda, e Coimbra, anunciou que a 30 de Abril será dispensado um operário e mais 27 no dia 24 de Maio.

A direcção do Centro de Emprego e Formação Profissional (CEFP) da Guarda inicia hoje uma ronda de dois dias de contactos com cerca de 170 operários da Delphi local que vão ser despedidos em Abril.Segundo Armando Reis, director do CEFP da Guarda, os serviços realizam hoje e amanhã, nas instalações da empresa multinacional, várias sessões de “informação e orientação” para cerca de 170 dos 258 operários que serão dispensados no dia 19 do próximo mês.Armando Reis referiu que na quarta-feira foram realizadas as primeiras reuniões com cerca de 90 trabalhadores despedidos, a quem foram explicados os procedimentos que devem ter quando passarem à situação de desempregados.O director do CEFP explicou hoje à agência Lusa que com esta medida os serviços pretendem agilizar procedimentos e facilitar a vida dos futuros desempregados.“Ninguém gosta de esperar [para ser atendido] num serviço público. E com este nosso trabalho, acima de tudo, pretendemos ser eficazes e eficientes”, justificou o responsável.Acrescentou que o objectivo é “que as pessoas tenham a sua vida facilitada, dado que uma situação de desemprego, por si, já não é fácil”.Nas sessões são prestados esclarecimentos sobre direitos e deveres, medidas activas de emprego existentes e de formação profissional, referiu.Também são definidos os dias em que os trabalhadores deverão deslocar-se aos serviços para efectuarem a respectiva inscrição, sendo que os novos 285 desempregados devem dirigir-se ao CEFP nos dias 20, 21 e 22 de Abril, em horários previamente estabelecidos.Armando Reis justificou que com a tipologia definida, os serviços pretendem “que as pessoas esperem o menos tempo possível e que sejam atendidas o mais rapidamente possível”.O responsável recordou que um sistema idêntico foi aplicado no início do ano, quando acorreram ao centro de emprego os cerca de 315 operários dispensados pela Delphi da Guarda no final de 2009.A administração da empresa de fabrico de cablagens para a indústria automóvel já enviou as cartas de despedimento coletivo a 286 operários, que serão dispensados até maio, embora o maior número ocorra no mês que vem.O Sindicato dos Trabalhadores das Indústrias Metalúrgicas e Metalomecânicas (STIMM) de Aveiro, Viseu, Guarda, e Coimbra, anunciou que a 30 de Abril será dispensado um operário e mais 27 no dia 24 de Maio.

 

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*